Baropodometria

O baropodômetro é um equipamento desenvolvido para a análise dos pontos de pressão plantar exercido pelo corpo, tanto em posição estática quanto em movimento, comumente conhecida como "Teste da Pisada" é um recurso de alta tecnologia usado na avaliação postural de atletas e pessoas comuns, praticantes de esportes ou não.

Consiste de uma plataforma sensível a pressão com sensores piezoelétricos com a mais alta concepção de tecnologia, conectado a um computador o qual utiliza um software apropriado para visualizar imagens coloridas e dados estatísticos, com um alto valor diagnóstico. Identifica agentes diretos ou indiretos que proporcionam ao indivíduo uma instabilidade corpórea, que mais tarde serão impressas sob a forma de gráficos ou planilhas.

Na Europa, o baropodômetro é muito utilizado também em exames com pacientes diabéticos, para detectar as áreas de maior pressão nos pés, podendo assim aliviá-la evitando a formação de úlceras e em casos mais graves a amputação dos pés.

Por não se tratar somente de uma avaliação simples, a baropodometria aliado a visão postural e osteopática, possibilita uma abordagem global no tratamento, corrigindo possíveis desvios rotacionais de quadril, joelho e tornozelo melhorando a postura e evitando possíveis complicações articulares futuras.

Utilizando um programa de software, através da plataforma baropodométrica é possível detectar a estabilidade do corpo e no espaço, ou seja, as oscilações posturais e o equilíbrio por meio da quantificação da posição corporal em relação a sua base de suporte que assegura o centro de gravidade dentro do polígono de sustentação.

Por se tratar de uma forma muito precisa de avaliar, o terapeuta experiente tem a perfeita condição de determinar características atléticas do indivíduo tais como:

Atletas de corrida de velocidade possuem uma forma diferente de fazer o apoio durante a marcha em relação aos corredores de provas de resistência.

Não existe uma forma mais correta de se pisar e sim a forma que te propicia desempenhar suas atividades físicas sem gerar alterações posturais e dor. A prescrição da palmilha ocorre para diminuir essas compensações e ajudar no tratamento, melhorando a performance e prevenindo outras lesões.

O objetivo no diagnóstico deste exame é avaliar os seguintes parâmetros:

  • A postura do paciente na posição estática, ou seja, em pé parado;
  • Disfunções funcionais de equilíbrio e estabilidade;
  • Divisão das cargas corporais em condições ortostáticas;
  • Análise dinâmica da marcha e sua distribuição da cargas durante o passo;
  • Pico de pressão e tempo de contato com o solo;
  • Detecção das áreas de risco do pé;
  • Auxílio na confecção de órteses plantares/palmilhas;
  • Detectar alterações biomecânicas do pé, pelve e coluna;
  • Diferença de comprimento dos membros inferiores.