Dia Mundial de Combate às LER/DORT

28/02/2018

Quem nunca ouviu falar de LER/DORT , siglas recorrente no ambiente de trabalho? cerca de 100 mil pessoas são afastados a cada ano no Brasil. fora os gastos que as empresas tem com funcionários doentes.

A sigla LER significa lesões por esforços repetitivos, o mecanismo de lesão e não o diagnóstico, sendo também denominada DORT (Distúrbios Osteosmusculares Relacionados ao Trabalho), pois numa primeira fase ocorrem os distúrbios, com sintomas como fadiga, peso e dor nos membros e somente depois aparecem as lesões.  

LER e DORT são síndromes que atacam os nervos, músculos e tendões, especialmente dos membros superiores e do pescoço. São síndromes degenerativas e cumulativas, caracterizadas pelo desgaste de estruturas do sistema músculo-esquelético que atingem várias categorias profissionais. Sempre acompanhadas de dor ou incômodo, provenientes não somente da atividade ocupacional intensiva, mas também de atividades realizadas sob intenso estresse. 

As posturas inadequadas, que advém de um posto de trabalho mal dimensionado, e os movimentos repetitivos , o esforço excessivo, stress, condições desfavoráveis de trabalho são alguns dos fatores que mais predispõem o aparecimento das LER/DORT.

O trabalho preventivo da ergonomia, que visa a adaptar as condições de trabalho às características do trabalhador associado a organização do trabalho, pois os ritmos excessivos, as posturas inadequadas, que advém de um posto de trabalho mal dimensionado, e os movimentos repetitivos , o esforço excessivo, stress, a ausência de pausas, a pouca liberdade do trabalhador, além da pressão pelos superiores, são contribuições para o surgimento das LER/DORT.

O ideal é as empresas manter um programa visando reduzir os riscos inerentes às atividades laborais e investir em ações preventivas, tais como: ergonomia, aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs), contratação de profissionais de segurança do trabalho e adoção de medidas de cautela pertinentes a sua área de atuação.

Para exemplificar um posto de trabalho com uso de computador devemos observar:

Cadeira:

1 - A altura ideal deve ser de 48 a 58cm

2 - O encosto deve estar a 110° do assento

3 - A cadeira deve ter apoio para a região lombar e dorsal;

4 - Os pés devem ter contato completo com o chão ou apoiados em suporte específico

5 - As coxas devem ficar paralelas ao piso

6 - O trabalhador deve estar próximo da superfície de trabalho

7 - Os braços devem ficar apoiados

Monitor:

1 - A altura ideal da 1ª linha escrita deve ser de 155cm

2 - A tela deve estar ao nível do horizonte ou levemente abaixo

3 - O trabalhador deve localizar-se bem em frente ao monitor

4 - A iluminação deve ser adequada

5 - Use filtro no caso de brilho excessivo

6 - A distância adequada é de 60 cm entre a pessoa e a tela do computador

Teclado e mouse:

1 - A altura ideal deve ser de 110cm

2 - Eles devem localizar-se próximos e na frente de quem vai usá-lo 16 - Os cotovelos devem permanecer em ângulo de 90°

3 - Os punhos precisam permanecer retos

Dicas preventivas:

Realize pequenas pausas rápidas em qualquer atividade que se exerça repetitividade excessiva ou em postura inadequada por tempo prolongado. 

Durante essas pausas faça alguns alongamentos para as áreas de seu corpo que estiverem executando a tarefa. Inclua exercícios físicos a sua rotina semanal. 

Policie em manter uma boa postura, se necessário faça adaptações no seu posto de trabalho de acordo com as características físicas e com sua atividade.

 As LER/DORT são curáveis, principalmente nos primeiros estágios. Portanto, procure ajuda.


Fontes:
www.brasil.gov.br
www.minhavida.com.br